Aqui vamos dar 5 dicas que você pode começar a usar agora para soar mais como um falante nativo, e também melhorar o seu nível de speaking para as provas do IELTS e do TOEFL.

Vou começar este blog post com um aviso importante: você não precisa soar (sotaque) como um falante nativo para ter um bom uso da língua inglesa. Esta é uma preferência pessoal e não um requisito.

Para melhorar suas habilidades no speaking, existem coisas pequenas e fáceis de você introduzir no seu dia-a-dia que irão te ajudar a falar de forma mais fluída e soar como um nativo.

Comece a usar o connected speech no speaking.

O connected speech é a linguagem falada em uma sequência contínua, como os nativos falam em uma conversa normal. Geralmente há uma grande diferença entre como pronunciamos uma palavra sozinha, como “and” e como a pronunciamos em conexão com outras palavras, como “rock ‘n roll“. Quando conectamos nossa fala nos livramos de algumas sílabas e frases que correm juntas. Por exemplo, ‘want to’ torna-se ‘wanna’ e ‘going to’ torna-se ‘gonna’.

Os falantes nativos criam muitos atalhos verbais no discurso informal do dia-a-dia. Portanto, incluir o connected speech em sua retórica é o primeiro passo que você pode dar para melhorar o seu speaking. Existem algumas maneiras diferentes de conectar nosso discurso, descritas abaixo:

VINCULAÇÃO: A vinculação acontece quando o final de uma palavra se mistura com a outra.

  • ex. Is he there? = Izi there

INTRUSÃO: A intrusão ocorre quando um som adicional se insere entre outros.

  • ex. Do it = Dewit

ELISÃO: Elisão é quando um som é cortado por um som mais forte.

  • ex. Most common = moscommon

ASSIMILAÇÃO: Assimilação ocorre quando dois sons se misturam, formando um novo som.

  • ex. Don’t you = donʧu

GEMINADOS: Geminados são palavras que terminam e começam com o mesmo som, então eles se conectam.

  • ex. Social life = socialife

Enfatize as palavras e sílabas apropriadas no seu speaking.

O inglês é uma língua controlada pelo estresse. Isso significa que o inglês é falado com uma espécie de ritmo, pois as partes acentuadas das palavras e frases são faladas com mais ênfase do que as sílabas e palavras não acentuadas.

A ênfase na palavra é a ênfase em uma sílaba dentro de uma palavra. Por exemplo “banana”. Em comparação, a ênfase da frase é a ênfase em certas palavras dentro de uma frase. Por exemplo I want a banana.

Enfatizar a sílaba apropriada simplesmente requer prática. A maioria dos dicionários informará qual parte da palavra contém a ênfase.

Enfatizar as palavras apropriadas em uma frase depende do tipo de palavra. É uma palavra de conteúdo ou uma palavra de estrutura? Uma palavra de conteúdo é uma palavra que carrega significado, como substantivos, verbos e adjetivos. Uma palavra de estrutura é uma palavra usada para precisão gramatical, como preposições, artigos e verbos auxiliares.

Enfatizar as palavras do conteúdo em uma frase indica ao ouvinte as partes mais importantes. Não enfatizar uma frase ou enfatizar uma frase incorretamente pode levar a interpretações errôneas. Portanto, aprender a enfatizar palavras e frases corretamente fará com que você pareça muito mais um falante nativo e tenha mais desenvoltura no seu speaking.

Comece a aprender frases e expressões em vez de apenas palavras para aumentar o seu vocabulário

Se memorizar palavras isoladamente, corre o risco de traduzir frases palavra por palavra que soam totalmente erradas para falantes nativos, apesar de estar gramaticalmente correto. Isso acontece ao escolher as palavras erradas para formar colocações porque, em vez de se lembrar da frase, você se lembrou de uma única palavra e se referiu à sua língua materna para formar a frase. Por exemplo falar ‘make homework‘ ao invés de ‘do homework‘. Um falante nativo nunca cometeria esse erro. Portanto, para garantir um bom speaking, você também não deve.

Além de permitir que você soe mais como um nativo, aprender um idioma em frases e expressões, ou “pedaços”, é mais fácil para o nosso cérebro lembrar. Nossos cérebros são projetados para reconhecer padrões, tornando os pedaços de memória muito mais eficientes do que palavras isoladas. Além disso, as conversas se tornarão muito mais rápidas e suaves, pois você terá muitas frases em mãos, em vez de procurar palavras individuais.

Substitua seus verbos de uma palavra por phrasal verbs durante o seu speaking.

Os phrasal verbs são verbos que vêm acompanhados por preposições ou advérbios. Com o acréscimo de uma preposição ou de um advérbio, o sentido do verbo original pode mudar completamente. Por isso, os phrasal verbs não podem ser traduzidos literalmente, palavra por palavra.

Os falantes nativos quase sempre escolherão um phrasal verb em vez de um verbo de uma única palavra durante a fala informal do dia a dia. Um grande problema que os alunos têm é que eles parecem muito formais em conversas casuais, o que pode fazer com que pareçam um pouco estranhos. Por exemplo, “Do you want to hang out?” soa muito mais natural para um falante nativo do que, “Do you want to spend some time together?

Existem muitas razões pelas quais aprender phrasal verbs pode ser um desafio, mas para dominar a língua inglesa, você deve começar a incorporá-los no seu speaking o mais logo possível.

Use sons do inglês em vez dos sons da sua língua materna

Esta é a habilidade mais difícil de dominar da lista, e é por isso que é a última. Treinar seus lábios, boca e mandíbula para fazer novos sons pode ser incrivelmente desconfortável, então algumas pessoas ignoram a tarefa e usam sons semelhantes de sua língua materna em vez de aprender a usar os sons ingleses corretamente.

Por exemplo, muitos idiomas não têm o som / v /, então eles compensam usando o som / w /. Como resultado, ‘vodka’ se torna ‘wodka’ e ‘vacuum’ se torna ‘wacuum.’ É uma pequena diferença e um falante ainda pode ser facilmente compreendido, no entanto, para soar indistinguível de um nativo, você terá que dominar todos os sons do inglês.

A maneira mais fácil de fazer isso é familiarizar-se com o Alfabeto Fonético Internacional (IPA) e aprender a fazer cada som. Isso incluirá muita repetição ao treinar sua boca para fazer um som que nunca foi usado antes. Depois de dominar a fonética, você pode dominar a pronúncia do inglês e soar como um nativo.

Para mais informações e dicas para as suas provas do IELTS ou TOEFL não deixe de ver mais post em nosso blog.

Para uma avaliação personalizada do seu inglês e criação de um plano de estudos entre em contato.